As regras do que vestir para trabalho certamente mudaram nos últimos anos. Se você acha que um terno é vestimenta para toda e qualquer profissão, é bom reconsiderar suas crenças. Algumas profissões mais tradicionais realmente ainda dão preferência ao terno, por transmitirem uma imagem de credibilidade e confiança. Outras, menos conservadoras, entretanto, estão mais casual. Mas ainda assim profissional, hein! O site Business Insider e a Revista Exame fizeram uma ótima matéria nesse sentido, que vale a pena ficar de olho!

size_960_16_9_abre_2-_irinabraga.jpg

1. Informal não é desleixado! 

As empresas estão cada vez mais jovem e descoladas, e isso reflete na roupas dos funcionários e até no seu comportamento. E vem dando bons resultados. Mas pessoas tendem a confundir informal não algo que precisa de atenção, pode usar qualquer coisa. Não é isso. O visual pode estar mais descontraído, mas uma boa imagem ainda está em alta.

bc3515dde8ced1b54a99df8abea8443d.jpg

2. Esteja adequado com a sua área de atuação! 

Economistas, publicitários, arquitetos, médicos, engenheiros têm diferentes atividades e formalidades, e as roupas devem acompanhar a imagem que precisam transmitir. Credibilidade e seriedade é diferente de criatividade. Exige outros códigos e roupas. Esteja coerente!

6116878a32165855c119af4dae2591ac.jpg

3. Respeite o propósito de cada roupa!

Por mais informal que seja, nem tudo está liberado. Roupas de esporte, por exemplo, devem estar restritas para a práticas daquelas atividades. É só pensar: ninguém quer ir à praia de sapato social né?! Então o chinelo da praia também não deve ir ao escritório.

091afcf621cce776f4019954e9a5847a.jpg

4. Use roupas e acessórios que refletem – discretamente! – sua personalidade!  

Independente da formalidade, você pode usar peças e acessórios que demonstrem sua personalidade, seu estilo. Pode ser um casebre colorido ou cachecol, no inverno, um sapato ou relógio. Isso é importante até para se individualizar naquele contexto. Apenas não exagere. Mantenha a discrição. Ela ainda conta mais pontos a seu favor.

ff5eaa26313eca947666bbd63ebbbd55.jpg

5. Deixe o moletom de capuz e chinelo para Mark Zuckerberg

Os CEO’s das empresas de tecnologia com certeza foram uns dos que deram início a essa mudança  no código de vestimenta. Sempre super informais, calca jeans, camiseta, moletom e chinelo fazem parte do seu arsenal para o trabalho. Mas a menos que você seja um deles, essas peças não devem compor seu guarda-roupa de trabalho.

a2ed3da1cb851c4bd8901aca12481127.jpg

6. Nunca desista da elegância! 

Com a vida mais corrida que temos hoje, escolher a roupa para o trabalho se tornou uma tarefa que não pode demandar muito do nosso tempo. Mas nem por isso devemos descuidar da nossa imagem. Uma boa aparência funciona como propaganda positiva para você, pra sua empresa e influencia muito a forma como você é visto no seu ambiente de trabalho.

70793c8719087252bbdba2f9c1ed9c7d.jpg