Uma boa demonstração de elegância de um homem é a forma como ele combina sua camisa com a gravata. Embora o guarda-roupa masculino seja muito mais simples e menos complexo que o feminino, ainda assim há margem para pequenos – grandes! – deslizes. Porque quanto menos peças mais a relevância de cada uma delas dentro da produção. No trio ‘terno-camisa-gravata’ quando todo o conjunto é liso, há menos chance de erro, penas a coordenação de cores, em geral, com terno mais neutro e camisa e gravata coloridos em uma harmônica coordenação de cores.


O caso muda quando se opta por terno-camisa-gravata com estampas. Eu, particularmente, não gosto tanto. Acho a opção lisa mais elegante. Uma boa dica é manter tudo em tons próximos, e combinar a gravata com a camisa ou terno. 


Ternos com padronagem levemente xadrez – no inverno, principalmente! – são bem vindas. Camisas, com riscas igualmente leves também! Mantém o visual elegante e discreto! E aí, sim, a gravata pode ter estampa ou cor mais forte. Ela seria o chamado ‘ponto focal’ do look. 


Quanto maior o padrão de estampa da camisa, mais informal e casual o look e mais básica deve ser a gravata, para não deixar o visual muito poluído. Assim, com camisas de estampas mais marcantes – listradas ou xadrez – opte por gravatas lisas ou com estampa pequena e discreta!