Enquanto os franceses têm um je ne c’est quoi para se vestir, os italianos têm certa sprezzatura! E no fim ambos tem um significado semelhante que tenta traduzir o jeito deles se vestirem. Algo cool, descolado, mas sem muito esforço. Nada muito pensado. Meio instintivo… mas com um ótimo resultado! E assim eles vão juntando peças, texturas e cores e o resultado é incrível! 

E observando o street style de lá dá para tentar ‘decodificar’ algumas dessas misturas que super funcionam e que podem perfeitamente servir de inspiração por aqui. Que tal? 

Ternos disparserados

Usar calça e paletós desencontrados é super autêntico e criativo! Eu particularmente super aprovo e adoro a idéia. Diferente, ousada e atual. 

   
  

    

O detalhe que faz toda a diferença 

Foco nos detalhes. É aí que o básico torna-se bacana. Onde está o diferencial. 
  
   
   
 

Dos pés à cabeça 

E não dá para falar da Itália – e dos italianos – sem falar em sapatos e seu efeito pra um bom look! 

   
  

    
 

Blazer com estilo

Para eles não basta usar blazer, tem que ter algo a mais. Uma estampa, por exemplo. Ou uma textura. Que diferencie do comum… E que o tornam estilosos! E pode ser das mais discretas às mais ousadas. 

   
  

   

Monocromático

 

Usar uma cor da cabeça aos pés é elegante não apenas nas mulheres. Os homens também podem se valer dessa ‘tática’… E o estilo está garantido!