Hoje a moda está muito permissiva e eclética. E, se por um lado, isso nos dá liberdade para experimentar e ousar mais, por outro, nos deixa mais em dúvida em relação aos ‘limites’ de idade e ocasião. Depois dos 30, geralmente temos que conciliar mais a vida – e o guarda roupa! – profissional com o social.

 Assim, o melhor investimento é feito em peças de melhor qualidade, que possam ser usadas nas mais variadas situações. Aí entra os clássicos! Peças atemporais que encaram e se adaptam à estilos e programas variados, dependendo de como se usa. Vamos ver como investir… 

Suéter de Cashmere

Deixa o look impecável, seja com uma clássica calça de alfaiataria ou uma sexy saia de renda. Vista-se conforme a ocasião e siga sua intuição!

  
   
  

Blazer branco

 Uma original variação da clássica versão preta. Mais cool, fresh. E igualmente, vai do trabalho ao lazer. Ótimo para viagens! Lembrando que os de algodão são mais esportivos, enquanto os de crepe mais sociais.

   
  
   

Trench Coat

Essencial para quem quer ‘glamorizar’: te protege, aquece com muito estilo e elegância. E com um pouco de criatividade se adapta a qualquer outfit

   
  

 

Saia Lápis

Boa opção para o trabalho, mas que pode perfeitamente migrar para outras ocasiões, investindo em tecidos e texturas variados, com os complementos mais mais acertados. 

   
  

Calça de Alfaiataria

 Essa é a mais versátil das peças: com camisa e blazer vai ao escritório e com camiseta e mocassim encara o fim de semana. 

   
   

Calça estampada

Outra opção versátil, moderna e que super funciona para o trabalho e lazer, de acordo com os acessórios e complementos. 

  
  


Vestidos no joelho

Após os 20, a bainha das saias e vestidos devem descer um pouco. Principalmente profissionalmente, já que há uma maior necessidade de transmitir credibilidade com a imagem. Mas aproveitando, migra dessa para outras ocasiões. Fica moderno, com uma dose extra de elegância!