É difícil ter sucesso se você é desacreditado ou um entre vários. E nesse quesito a aparência conta, e muito. E o segredo para se vestir bem é um só: você tem que querer. Trata -se de não querer ter apenas uniformes no armário, mas sim, opções. Aquelas que te valorizam e nas quais você se sente seguro e comfortável. Isso vale para o terno de todo dia. Um bom corte e caimento, com as proporçõs corretas, fica impecável. Tem que experimentar, tentar – errar! – até acertar.  Porque o ato de se vestir – o estilo! – se baseia em se sobressair. Vamos aos ternos:

Só é preciso algumas peças simples.      E há um segredo: quanto mais simples, melhor! 

* Marinho, o mais básico dos ternos, em diferentes propostas e ocasiões

   

    
  

 

Cinza, uma segunda boa opção, moderna e super elegante! (Eu, particularmente, adoro!)

 
  
 

Beges e cáquis, para os dias de verão! Por aqui não temos muito costume dessa cor, apesar de sermos um país tropical, que super combinaria! Gosto, até numa versão mais despojada e casual, sem gravata e com mocassim ou tênis ‘social’ (não de academia, pelo amor de Deus!).