A moda muda. Mesmo os clássicos, se atualizam. Nada permanece exatamente do mesmo jeito. O jeans muda de modelagem, de lavagem. As calças alargam, ajustam, encurtam ou alongam. As saias idem. Os sapatos nem se fala; pouquíssimos são os que permanecem igual. Saltos sobem e descem, bicos arredondam e afunilam, cores vibram e desbotam. Agora é a vez dos terninhos, que se tornou um clássico no armário das mulheres, e praticamente um uniforme no meio corporativo. Pela sua simples elegância, facilita por sua praticidade. Mas a nova versão surge modificada: colorida, com estampa, textura, mais curta e até despojada. Pode até sair do escritório e enfrentar eventos mais causais. Os tradicionais escarpins podem ser substituídos por tênis, e as camisas dão lugar às camisetas. E assim ele se re-nova.